História

A idéia do Projeto Edifício Ecológico surgiu a partir da tese de mestrado do antropólogo-urbanista Mark Burr, defendida na UFPE, Departamento do Mestrado em Desenvolvimento Urbano (MDU), em 2001 (“As Motivações da População de Renda Média na Seleção Doméstica de Materiais Recicláveis do Lixo”).
A tese pesquisou as Motivações que levam as pessoas a participarem efetivamente da separação dos materiais recicláveis do lixo, identificando 06 indicadores de Motivação:

  • Informação operacional clara
  • Facilidade
  • Altruísmo
  • Pressão social
  • Prestígio
  • Credibilidade

A partir deste estudo, em 2003 formulou-se o Projeto Edifício Ecológico como iniciativa da Ong AMBIENTAL21, visando colocar em prática o trabalho teórico desenvolvido.

A meta do Projeto é atender os cerca de 10.000 edifícios existentes na grande Recife, para beneficiar os mais de 5.000 catadores que ali trabalham diariamente, e reduzir os impactos ambientais oriundos do crescente volume de resíduos sólidos gerados na região.

Através da implementação da coleta seletiva em edifícios residenciais e empresas, o projeto visa melhorar a vida de catadores de rua e diminuir impactos ambientais, para construirmos um mundo melhor para todos.